segunda-feira, 15 de março de 2010

AS DIFICULDADES DO JOVEM AO ENTRAR NO MERCADO DE TRABALHO

Bom, estive pensando em várias maneiras de começar este texto de uma forma amigável, mas a grande verdade é que estou aqui para escrever e descrever, moldar, resumir, agir, falar e gritar... Sobre algo muito típico que a população vive hoje: as dificuldades da juventude no mercado de trabalho
A situação é simples e conhecida:
Quando criança, temos vários sonhos como, por exemplo: ser um astronauta, ser um grande astro conhecido pelo mundo todo, ou ser como seu pai (mãe), ou simplesmente ter uma vida normal.
Mas o quê que a população faz quando um jovem fala isso pra alguém? Corrompe.
Corrompe os direitos de seguir seu próprio sonho, e não admite mesmo que inconscientemente que alguém consiga ir tão alto.
  O que nós aprendemos na escola? Aprendemos a matemática, o português de uma forma superficial, nas aulas de filosofia de sociologia, não nos é passado batalhar com seriedade para seguir nosso futuro com a cabeça erguida, isso explica o porquê que têm tantos professores estressados e com depressão, e os casos de alunos que querem matar o próprio professor. Mas por que a sociedade ultimamente tem piorado na questão de respeito? É simples, é só colocar a culpa no governo não é mesmo? Não, não é só colocar a culpa no governo. A grande verdade é que temos que fazer cada um a sua parte, mas é complicado quando você nasce em um lugar parado, cresce ouvindo que ninguém presta, escuta na escola que o pior caminho que tem é o caminho das drogas, mas na sua esquina tem vários pontos de tráfico, e já entende que se abrir a boca, você coloca em risco toda a sua família, na escola tem que aprender matérias superficiais e nem sabe se vai usar isso futuramente, quando sai da escola, encontra-se preso e vazio em um grande mundo de contradições. Está certo que muitos jovens não querem ainda amadurecer e cair pra vida, preferem ainda esperar o pai e a mãe os sustentar e colocar a culpa no governo se chegar aos 30 anos e não fizer nada. A grande verdade é que não só o governo, mas muita gente “poderosa” está por trás de toda essa situação.
Por que a população ou ao menos os nossos professores não aprendem sobre a constituição, por que muita gente vai saber o que é direito quando resolve estudar para algum concurso público? Por que não nos é ensinado na escola que o mundo é cruel e você tem que estar preparado o suficiente para encarar o mundo a fora? Por que não nos é ensinado até mesmo a valorizar a cultura do nosso país? Por que não temos a capoeira como esporte? Por que o jovem que estar revoltado com sua vida resolve fazer um rap ou simplesmente recitar um poema de desabafo, já é visto como garoto da favela, traficante, coitado. Dessa forma é muito simples acreditar que o certo é não ouvir essas coisas e não se meter com ninguém, e se vierem reclamar da vida não dá ouvidos, para muitas pessoas é mais fácil perder tempo falando da vida alheia e não desabafando contra a situação da sociedade.  A sociedade não se move para valorizar seus assuntos culturais, o governo age pelas as nossas costas enquanto todos nós estamos caindo em lamúrias porque alguém da família se envolveu no mundo nas drogas, enquanto nossos sonhos são assassinados pela crueldade da vida, pouca gente está sorrindo porque a vida andou muito fácil e muita gente está cansada de ouvir que o país vai mudar com um novo governante.
Como seguir um sonho de ser astronauta se...
Você já ver que no seu país não tem estrutura para isso;
*se na sua escola seu próprio professor muitas vezes não sabe explicar a matéria e está pouco se lixando se você entendeu ou não o conteúdo;
*se você quer estudar e sua mãe não tem dinheiro às vezes nem para o lanche quanto mais para livros;
* se você mora num bairro em que a criminalidade é fato do dia a dia e muitas vezes acontecem de perder um amigo que não foi forte o suficiente para seguir seus sonhos.
*Se seus pais não te apóiam nem financeiramente e nem psicologicamente para ser um dia um astronauta? Alguns até chegam a dizer que você não vai conseguir por que tem que estudar muito, e eles não podem pagar uma faculdade tão cara.

Logo cedo você se ver com 18 anos, e se realmente quer ter um futuro melhor, você tem que engolir todas as críticas, todas as revoltas, e ter bastante coragem para conseguir um emprego que te dê oportunidade de ao menos estudar,não tem mais desculpas para ficar revoltado e curtindo música bem alto  e criticando o governo, seus pais, sua vida. É hora de ir atrás de seus sonhos, é hora de procurar um bom emprego para conquistar a liberdade de viver tranquilamente um dia e quem sabe apreciar os astros de longe e pensando se realmente teria sido melhor ser um astronauta.
O jovem sonhador vai atrás do seu primeiro emprego, no currículo tem apenas os cursos profissionalizantes que seus pais puderam pagar, e pensar em faculdade mesmo, quando tiver uma boa grana para investir no pré-vestibular e só depois tentar entrar na UnB ou com alguma bolsa de 50%, se ele morar em um lugar totalmente desestruturado quem sabe ele consiga com milagre de Deus uma bolsa 100%.
Mas o quê que o mercado pede dos candidatos? EXPERIÊNCIA
Mas como esse jovem vai conseguir um bom emprego se nunca teve experiência? Detalhe, ele vai ter que provavelmente procurar em outra cidade satélite, porque a cidade em que ele vive não tem a menor chance de crescimento ou de qualidade de vida. Sorte de poucos que encontram uma empresa que queira lapidar um diamante bruto ou de esperar que um carvãozinho passe pela pressão da terra para depois ter um profissional de sucesso. Mas como a sorte não é para todos, muitos jovens preferem arrumar qualquer emprego e muitos acabam caindo no stress do dia a dia e esquecem até mesmo de quem já foram um dia. Outros têm a chance de ao menos com o pouco que resta, as poucas horas que tem se dedicam aos estudos para passar em um concurso público, ou no vestibular se puder pagar a faculdade, senão tenta entrar na UnB, detalhe... UnB pede muito do aluno, o máximo que ele vai conseguir é um estágio e também têm o stress de faculdade e trabalho, fora os problemas normais que todos têm que passar como: doenças, problemas familiares, financeiros.
Graças ao esforço constante de alguns, esses poucos ainda conseguem vencer e se destacar através de muita luta, através de muita ocupação. Os jovens que querem vencer a vida, e até mesmo os velhinhos que decidiram um pouco tarde batalhar pra vencer têm que abrir mão de muita coisa, muitas vezes não conseguem uma boa qualidade de vida, não conseguem tempo nem para namorar e passear e viver tranquilamente, pois para quem mora a quase 40 km do seu trabalho, ao chegar em casa só tem tempo de dormir, enquanto isso o governo continua fazendo o que sempre fez e quando faz alguma coisinha a mais coloca placas em tudo quanto é lugar dizendo o tanto que gastou e muita gente ainda acha bonito uma pessoa cumprir com seus deveres.
O povo não quer saber se o governo está gastando bem ou não, todo mundo já sabe e está cansado de saber das porcarias que acontecem em nossas costas, o jovem não tem tempo de ficar procurando defeito no governo para poder justificar sua vida difícil, e quando alguns preferem expressar sua vida, sua voz que não quer calar ele tem que enfrentar muito preconceito, muita falta de recurso para seguir um sonho de ser músico, astronauta, ou até mesmo escritor, o jovem muitas vezes tem medo de postar aquilo que sente por que o risco de um empresário ler e achar ele muito revoltado e excluí-lo da empresa por poder ser algum revolucionário preguiçoso. O povo já está cansado de ver que hoje em dia política é sinônimo de deputado folgado que não faz nada para o povo. O jovem na sua adolescência quer ter o direito de também saber tocar algum instrumento, quer ir à escola e aprender coisas que o deixe gritar sobre toda a pressão da sociedade, quer poder um dia interpretar, sonhar, ser um artista do futebol, do ramo empresarial, da música, da moda, das escolas.  Vivemos em tamanho conflito social pela violência e pelas drogas, ninguém quer ir à escola pra ver professor de cara feia e estressado.
Porque falamos tanto de educação, mas ninguém se importa com estado dos professores? Sim eles também precisam de treinamento nas redes públicas, precisam incentivar os alunos, dar bons exemplos, prepará-los para o mundo, o aluno precisa de um reforço psicológico para agir contra as drogas, poucos os que não se acomodam em uma vida sedentária. Vivemos num mundo em que o assassinos estão livre e nós estamos presos.
Por que o governo não contrata pessoas que queiram conscientizar os jovens a não se envolver com coisas erradas através da arte. Porque o teatro é morto em Brasília, a música praticamente é vaga, e a moda é estudar para concurso público porque oferece estabilidade?
Os empresários exigem graduação, pós - graduação e experiência e a maioria das vezes só tem esses requisitos quem consegue sobreviver a toda pressão do capitalismo, exceto aqueles que já nasceram com boas condições financeiras.
As pessoas não querem só comida, água, emprego... As pessoas querem qualidade de vida, querem poder expressar sua opinião, viver um sonho, ser respeitada, poder viver mais confortável, poder viajar, poder propagar o bem, sim por que com tanta dificuldade em que elas se encontram é difícil acreditar que o bem vai vencer no final.
Os jovens querem poder dominar o mundo de uma forma sadia, conhecer pessoas novas, mas com tanta dificuldade em que se encontram, é mais fácil acreditar que todo mundo é corrupto criminoso e fora de si, e que é bom ficar na dele e ser só mais um.
Que tipo de governantes são esses, que deixam que todos se matem de trabalhar, assim eles não vão ter tempo de questionar o porquê paga tão caro nos impostos e nada disso aparece nos hospitais públicos? Pagamos tão caro nos impostos e não temos nem se quer o direito de ser bem atendido nos hospitais, se quiser vai ter que pagar um plano de saúde para viver bem.
O que o povo espera é resultado, e não apenas promessas, sem contar nesse dilema das drogas.
Porque vocês não investem em outra forma de diversão, para que o jovem não encontre nas drogas o prazer que ele pode encontrar se ele conseguir se entregar a um sonho.
Todos sabem que vocês sabem de onde vem todo esse tráfico, afinal o povo tem que ter problemas. O roqueiro, o raper, são tidos como drogados por quê? Porque vocês têm que ter algum motivo para dizer que é melhor ele trabalhar do que se envolver nesta arte, trabalhar como? Sendo escravizado pelo capitalismo? E os sonhos? E o seu país que nunca desenvolve?
O grito das pessoas hoje está vazio, pois todos estão vivendo uma ditadura social e oculta, a cultura do nosso país, e principalmente em Brasília está morrendo por que para muitas pessoas, valorizar uma cultura, valorizar a música é perca de tempo, é balada para jovens fazerem besteira.
E o que tudo isso tem haver com as dificuldades de um jovem ao entrar no mercado de trabalho? Muito simples, os empresários, os governantes, a sociedade, todos exigem muito e fazem pouco, é fácil dizer que um estudante está exigindo muito, mas e quando ele sai da faculdade ou da escola, é exigido dele algo que ele nunca teve oportunidade. Nisto tudo encontramos a facilidade da superlotação dos hospitais, pois a maior doença em que vivemos nasce do psicológico, nasce da frustração da vida, logo depois existe assalto em tudo quanto é lugar, existem cada vez mais hospitais particulares para que os poderosos donos desses hospitais possam enriquecer através da desgraça alheia.
 Enfim, fica a critério de cada um questionar o quanto quiser sobre este assunto inacabável, pois o problema social nasce da falta de bondade, falta de gentileza, falta de compreensão, muitas mães não sabem dar conselhos aos filhos por que nem elas mesmas conseguem ter tempo de questionar e chegar a alguma conclusão.
O QUE NÓS JOVENS QUEREMOS? RESULTADO.

Lílian Rafaela
Publicado no Recanto das Letras em 09/02/2010
Código do texto: T2078211
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

2 comentários:

Tati disse...

Caracas, o texto é grande mas é massa.
Poxa uma forma de ver a vida né?! Muitas pessoas sabem que essas coisas acontecem que tem pessoas que tem que passa por dificuldades financeiras, familiares, saúde entre outros... bem, as pessoas desse país relmente tem que ser guerreiras, enfrentar tantas coisas assim e ainda no final sair ileso, alegre, feliz, com diploma ou trabalho.
Muitas vezes isso acontece como não rsrsrs... é ai que esta a questão... a pessoa deveria somente trabalhar? somente estudar? as duas coisas? Além de sustentar a família, pagar faculdade, pagar livros e ainda ter um tempo para não ficar doido, algum cinema ou alguma coisa para se destrair.
Ninguém merece tanta coisa assim... as pessoas tem que perder o medo e começar a lutar pelas coisas que deseja, ir atrás e se esforçar pois... o seu sonho é o SEU SONHO e se vc não lutar por ele, quem vai?
Temos que pensar em quem vamos elejer como nossos representantes de hoje em diante não mais deixaremos as coisas passar em branco.
Vamos estudar e batalhar e realizar nossos sonhos.
LUTAR E VENCER!

felipemolina disse...

que todo mundo só sabe falar mal do governo, tudo o que foi dito ali foi falar mal do governo! Creio eu, na minha modesta ignorância que não adianta os jovens sentarem e esperarem que as coisas mudem. Olhem só, uma geração de adolescentes está se degradando, e nas vias de fato de se tornarem uma futura massa de manobra de grandes corporações. O primeiro passo é o dos jovens, em mudar. Cada escolha uma renúncia meus caros, já diria o Bispo Macedo. Seu eu quero algo, eu vou batalhar por ele, não esperar a coisa acontecer.

Postar um comentário